O Saber dos Sabores
Vevé Bragança
Guia de Queijos | Ver todos

Queijo Gruyère

Originário da Suíça e copiado em todo o mundo, o queijo Gruyère é menor que o Emmental e os buracos são pequenos e em menor quantidade.

Seu sabor é mais forte do que o Emmental e sua textura mais cremosa.

É fabricado com leite cru de vaca e cada peça tem de 20 a 45 kg.

A casca natural é dura, seca e de cor castanho-ferrugem.

A textura do queijo é ligeiramente granulosa, densa e compacta, ao mesmo tempo é flexível. Esta densidade é a responsável pela sua excelente capacidade de derreter ao gratinar e apresenta um sabor bem complexo, no primeiro momento frutado, mas em seguida percebe-se um sabor de nozes.

O queijo Gruyère tem coloração amarela, um pouco mais escura que a do Emmental.

gruyere

Utilizações

Ótimo para gratinar, ralar e no preparo da fondue. Pode ser usado também em sanduíches quentes, como o misto e o bauru, em legumes gratinados, em sopas, como na sopa de cebola e molhos à base de queijo.

 

Harmonização com vinhos:

Devido ao seu  sabor bastante característico e leve toque adocicado, o Gruyère encontra como melhores parceiros gastronômicos os vinhos brancos com sabor expressivo, como os elaborados com as cepas Riesiling Renano, Torrontés, Gerwurztraminer e Pinot Grigio, que podem ser secos, como também meio secos.

Fonte:

O LIVRO DO QUEIJO – Juliet Harbutt – Organizadora – Editora Globo – São Paulo, 2010.