O Saber dos Sabores
Vevé Bragança
Curso de vinhos | Ver todos

Vinhos finos rosados

Vinho rosado é a bebida alcoólica resultante da fermentação do mosto de uvas tintas viníferas, no qual é necessário que haja uma leve maceração das cascas no mosto com a finalidade de se atribuir cor e sabor à bebida. Os vinhos rosados também podem ser elaborados através da assemblagem ou corte de vinhos brancos e tintos finos.

Os vinhos rosados, embora combinem bastante com o clima tropical, ainda não são muito consumidos no Brasil. Entretanto nos países mediterrâneos são bastante consumidos na primavera e no verão, ganhando a denominação de vinhos de estação.

Principais cepas empregadas na elaboração dos vinhos rosados e suas regiões de maior e melhor cultivo:

CEPA

PRONÚNCIA

REGIÕES DE ORIGEM

Cabernet Franc Cabernê frã França (Bordeaux: St. Émilion, Loire),
Carignane (Cariñena, Mazuela) Carinhane (Carinhena, Mazuêla) França (Côtes du Rhône, Provence, Languedoc), Espanha, Itália, Califórnia.
Cinsault Sinsô França (Côtes du Rhône, Languedoc – Roussillon), Norte da África, Córsega, Austrália, Itália Meridional e Líbano.
Gamay Gamé França (Beaujolais)
Grenache (Alicante, Garnacha) Idem a grafia França (Côtes du Rhône, Provence, Languedoc), Espanha (Rioja, Priorato), Portugal, Califórnia.
Merlot Merlô França (Bordeaux: Pomerol, St-Émilion), Itália (Norte)
Mourvèdre Môvedér Espanha, França (Vale do Rhône), Califórnia, Austrália e África do Sul.
Pinot Noir Pino nôar França (Borgonha, Champagne), Alemanha, Califórnia, Chile.
Syrah (Shiraz) Sirrá (Chiras) França (Rhône, Provence, Languedoc), África do Sul, Austrália.

 

OS ESTILOS DE VINHOS ROSADOS

De acordo com a intensidade de aromas, cor, sabor, acidez e textura, os vinhos rosados podem manifestar-se em 2 estilos distintos. Por vezes, uma mesma casta pode produzir dois ou mais estilos diferentes ao mesmo tempo, pois de acordo com a variação do terroir, as propriedades organolépticas dos vinhos também variam.

I. VIVO E FRUTADO

Boca crocante, fresca, levemente acidulada, com uma expressão aromática muito frutada.

SERVIÇO: Deve ser bebido jovem, no seu primeiro ano de garrafa. Servir fresco entre 8° e 10°C.

II. GENEROSO E ENCORPADO

Boca macia, flexível; aromas frutados; bom equilíbrio entre a acidez e uma lave estrutura tânica; final refrescante.

SERVIÇO: Deve ser bebido jovem durante os dois primeiros anos de garrafa. Servir fresco entre 8 e 10°C.

 

VINHOS ROSADOS QUE DEVEMOS CONHECER

VINHOS D’ANJOU – Vinhos franceses AOC – Appellation Rosé D’Anjou Contrôlée, produzido na região de Anjou no Loire Central.

VINHOS DA PROVENCE – Vinhos franceses AOC – Appellation Côtes de Provence Contrôlée, produzido na região da Provence na Bacia do Rhône.

 

V_ROSADOS