O Saber dos Sabores
Vevé Bragança
Curso de vinhos | Ver todos

A tipologia dos vinhos

Embora exista uma infinidade de vinhos por todo o mundo, tecnicamente são considerados apenas 4 tipos distintos de vinho:

1. VINHOS DE MESA

2. VINHOS ESPUMANTES

3. VINHOS FORTIFICADOS

4. VINHOS COMPOSTOS

VINHOS PARA MESA

Os Vinhos de mesa são os vinhos utilizados comumente para acompanhar as refeições como, almoço e jantar. Quanto à concentração de açúcar, podem ser secos, semi-secos ou doces e, em relação à sua cor, podem ser brancos, rosados ou tintos.

No Brasil, há uma grande confusão quanto à denominação Vinho de Mesa. Uma vez que, essa tipologia difere do restante do mundo,  fazendo referência a vinhos de qualidade inferior, elaborados a partir cepas americanas, os quais, tecnicamente, não podem ser chamadas de vinhos, uma vez que, o seu processo de elaboração não é pela fermentação, mas sim, por composição ou mistura. Comercialmente, alguns produtores dessas bebidas já estão estampando em seus rótulos a descrição, “bebida alcoólica derivada de uvas”.

Em países de grande tradição vinícola como Espanha, França, Itália e Portugal, nos quais existe uma legislação especifica para determinar a qualidade dos vinhos, a denominação Vinho de Mesa é empregada para vinhos inferiores, embora elaborado com cepas Viti-Viníferas, mas cuja produção pode ser realizada em qualquer região daqueles países, sem serem determinados com exatidão os tipos específicos das cepas empregadas na sua elaboração, a região produtora, as técnicas de plantio e cultivo das videiras e as normas e técnicas de vinificação permitidas.

Denominações dos vinhos de mesa de acordo com o país:

Espanha => Vino de Mesa

França => Vin de Table.

Itália => Vino de Tavola

Portugal => Vinho de Mesa

VINHOS ESPUMANTES

São vinhos resultantes da segunda fermentação de vinhos brancos, tintos ou rosados, na qual ocorre a presença natural de dióxido de carbono [CO2], a uma pressão superior a 5 ATM. Quando a pressão é menor que 5 ATM, essess vinhos recebem a denominação de FRISANTE.

VINHOS FORTIFICADOS

São vinhos que na sua composição, recebem aguardente vínica, tornando-se mais alcoólico. Portanto, mais “forte” ou fortificado.

VINHOS COMPOSTOS

São bebidas elaboradas pela composição ou mistura de condimentos, ervas e substâncias aromáticas adicionadas a um vinho de baixa qualidade e aguardente vínica. Os ingredientes e suas proporções são mantidos em segredo pelos seus fabricantes. São comumente chamados de Vermutes.

Acredita-se ter sido “inventado” por Hipócrates que utilizou macerado de flores de absinto, que deu à bebida o nome de “Vinho Hipocrático”ou “Vinum Absinthianum“.

Alguns autores consideram que os vinhos compostos podem ser abrangidos pela denominação vinho fortificado, pois como veremos mais adiante, na sua elaboração é acrescentada aguardente vínica tal qual nos vinhos fortificados.

Mais adiante, estudaremos individualmente cada um desses tipos de vinhos.